01/01/2022 às 14:05 Ensaios Dicas

30 Fotos de gestantes em casa para se inspirar

6452
8min de leitura

Qual a gestante que não adoraria ter fotos lindas dessa fase que é tão especial e única na sua vida? É uma parte tão, mas tão importante na vida, que é praticamente inconcebível passar por ela e não ter belos registros que ficarão para a eternidade e contarão em imagens a sua história. Antigamente não havia a facilidade em registrar como temos hoje. Eu mesma não tenho fotos da minha mãe grávida e eu gostaria tanto de ver como ela ficou... hoje em dia praticamente todos temos celulares e acesso a internet para buscar inspiração e hoje eu vim ajudar vocês nisso, com 30 fotos de gestantes em casa. Porque não basta tirar dezenas de fotos, postar uma ou outra e deixar o restante na galeria do celular. Logo as redes sociais mudam, a galeria vai ficando cheia e as fotos de lá vão se perdendo. Então quero ver vocês caprichando e, o mais importante de tudo, IMPRIMINDO as que mais gostarem. Porque foto impressa fica para sempre <3

Então vamos as dicas: Explore a sua casa! Preste atenção nos detalhes do ambiente, guardando objetos que podem chamar atenção e que não façam sentido aparecer na foto, mude os móveis de lugar se preciso for, em busca do enquadramento perfeito. O que importa é o que vai aparecer na foto, e não é uma distorção da realidade, e sim a busca de um visual melhor para as fotos.

O corpo da mulher muda tanto durante a gestação, para muitas essa é a fase de maior transformação durante sua vida inteira, e eu sempre incentivo as gestantes a registrarem essas mudanças. Mostre seu corpo! Afinal, esse é um momento intenso e gerar uma nova vida requer adaptações que seu organismo precisar atender à medida que o bebê cresce e você se prepara para o parto. Não é lindo isso? Pensar em como a natureza é tão perfeita, que o seu corpo se adapta enquanto você gera uma nova vida dentro de você! 

Nem sempre as gestantes querem postar essas fotos, e inclusive o intuito não é esse (mas eu adoro quando elas deixam, hehehe). Essas fotos são para você guardar e rever daqui há muitos anos, relembrar como foi essa espera, comparar com outras gestações que você venha a ter, e deixar de recordação para o seu bebê, que com certeza absoluta vai guardar com muito carinho para mostrar para a sua futura família também!

Muitas vezes as gestantes deixam de fazer fotos pois não estão com o quartinho do bebê pronto, ainda há coisas para fazer, mas sabemos que sempre haverá um detalhe ou outro para finalizar, entretanto eu incentivo a registrar mesmo que ainda não tenha nada pronto, ou apenas um quarto vazio, que será ocupado pelo bebê futuramente, como no caso da foto acima. Afinal gravidez também é sinônimo de mudança, adaptação, então acho super válido mostrar não só a barriga, mas também um pouco da casa, assim, mesmo que muitas mudanças ocorram, vai ser muito gostoso ver estas fotos e relembrar como era essa época e analisar tudo o que aconteceu depois e como as coisas mudaram.

Faça fotos em todos os cômodos e inclua elementos que estão fazendo parte da sua vida agora devido a chegada do bebê. Sejam roupas, móveis, decoração... e, por que não registar a montagem ou a preparação do quartinho, por exemplo? Pense na história por trás dos registros!

No caso ao lado iniciamos com a ideia de expor várias roupinhas sobre a cama do casal, então temos diversas fotos em que as roupinhas aparece com detalhes, mas fui explorando o quarto e as opções que teríamos e acabei encontrando um reflexo no armário do casal, então encaixei tudo da melhor forma que consegui e temos uma imagem diferente do habitual :)

Sobre as roupas, eu já mencionei que gosto de pouca para este tipo de fotos, hehe. Mas as dicas principais, além dessa, são que você escolha roupas que façam sentido para você, de acordo com a sua personalidade e com a expectativa para as fotos. Escolha roupas que te deixem confortável e confiante. Use e abuse de sobreposições, terceira peça, acessórios. Uma ótima dica é fotografar uma atividade que você normalmente faz, como, por exemplo, tomando café, lendo, cozinhando... sem, é claro, deixar de enfatizar o barrigão <3

Agora vamos falar sobre algo essencial, que fará toda a diferença na qualidade das suas fotos: A LUZ!

Eu gosto de fotos em casa por dezenas de motivos, muitos já explicados aqui. Mas um dos mais importantes para mim é porque conseguimos fazer fotos mais naturais e verdadeiras, que, para mim, são as que terão mais valor quanto mais o tempo passe. Então quase nunca eu utilizo luz artificial neste tipo de foto. Tanto para deixar os fotografados mais confortáveis, já que nem todos estão acostumados com uma sessão de fotos, quanto para o ensaio poder ser mais fluído e leve.

Então, se você voltar lá no início e analisar foto por foto, vai perceber uma coisa em comum na maioria das fotos: a luz de janela! Ahhh como eu amo essa luz! Saiba usar a luz a seu favor, se posicionando próximo de uma fonte de luz natural, que, dentro de casa, são as nossas queridas janelas! Aí a criatividade é o limite... você pode fazer fotos a favor da luz (de frente para a janela), usando ela como luz lateral, como contra luz, ou ainda de fora para dentro, incluindo reflexos, por exemplo. Abaixo um exemplo de cada destes que mencionei:

Fotos contra-luz (em que a câmera/celular estão de frente para a luz e os fotografados entre a luz e a câmera/celular) nem sempre dá para acertar de primeira, se não tiver um mínimo de conhecimento para regular a imagem pode ser que você não atinja o objetivo que queria, mas estou aqui para ajudar você a conseguir ótimas fotos desta situação! 

Experimente posicionar uma pessoa em uma janela, por exemplo, em um dia claro, e apontar a câmera do celular para ela. Normalmente apenas fazendo isso não sai uma boa foto, porque o celular vai decidir por conta própria a regulagem que ele "acha" ideal. 

Quando estamos em uma situação dessas temos que definir o que queremos: se queremos uma silhueta, onde apenas a forma e poucos detalhes dos fotografados aparecem, ou se queremos que o nosso fotografado apareça completamente, com detalhes. Novamente, abaixo um exemplo de cada uma destas situações.

Quando optarmos pela silhueta é imprescindível que observemos a posição do corpo, do rosto e da conexão entre as duas pessoas, se for o caso. O ideal é que consigamos identificar sem precisar pensar muito quando olharmos para a imagem, do que ela se trata, sem haver nenhum tipo de confusão mental. Por isso é recomendável, no caso das gestantes, que elas fiquem de lado, em relação a câmera, que os braços não se "fundam" com outras partes do corpo para não parecer uma coisa só, e se tiver mais alguém com a gestante temos que cuidar com a conexão entre eles, ou seja: se eles estiverem encostando um no outro, cuidar para que as formas não fiquem estranhas, parecendo coisas que não são. No caso abaixo eu pedi que o Jonathan se ajoelhasse e fizemos algumas fotos com ele nesta posição: beijando a barriga (sem encostar totalmente, para as formas continuarem bem definidas), outras com a Su beijando a cabeça dele enquanto ele beijava a barriga, mas a que mais gostamos foi essa em que eles estão se olhando e ainda conseguimos ver um pouquinho da expressão de ternura deles. 

Na pratica, para ficar mais escurinho assim, você terá que descobrir como controlar a exposição do seu celular (como deixar a foto mais clara ou mais escura). No iphone basta clicar na tela, no ponto em que você queira focar, que aparecerá um pequeno "sol" na tela, que você arrasta para cima ou para baixo e deixa do jeito que você quiser.

Se não quiser a silhueta, e sim mostrar mais a pessoa, basta deixar a foto mais clara. Neste caso o fundo vai começar a ficar muito claro, o que chamamos de "estourar" a luz, e os detalhes do fundo se perdem, como podem perceber na segunda foto. Aí pode usar e abusar do carão e da pose! hehehe

E trazer o mozão para as fotos sempre é uma boa opção, afinal o baby não veio ao mundo só com os esforços da mamãe né?! hahaha

E se você já tem um bebê de 4 patas que faz parte da família? Traz ele(s) também, oras! Tem coisa mais fofa que fotos dos bichíneos que fazem parte da nossa rotina e da família tanto quando os próprios familiares? hehe

E quando fazer as fotos, afinal de contas?

Bem... fotos caseiras podem, e devem, ser feitas sempre, né?! Você pode, inclusive, escolher uma posição e uma roupa e todos os meses repetir a foto, para comparar o crescimento da barriga e as mudanças no seu corpo. Já se você for contratar um profissional, sugiro que já comece a pesquisar no início da gestação. Por que tão cedo? Porque assim você vai ter tempo para pesquisar e perceber se gosta mais das fotos com um barrigão enorme ou se prefere fotos em que a barriga ainda é pequenininha, começando a aparecer.

Além disso, ao pesquisar não compare apenas preço, mas também o estilo das fotos, das cores, da direção que a profissional faz. Analise se o estilo daquela pessoa é o mesmo que você busca para as suas fotos. É claro que cada foto e cada ensaio são diferentes, mas é importante ter essa identificação para que o resultado saia tão bom quanto você espera, ou melhor!

Para esse post não virar uma bíblia, de tão grande, vou dar uma última dica: a postura! Empina o bumbum e não deixa ele encostar na parede, nem na cadeira, nem no sofá, nem em nada, senão ele vai amassar, e ninguém, absolutamente ninguém, quer um bumbum amassado nas fotos! kkk

Arca essas costas, respira fundo e solta o riso! Sim, você vai sofrer um pouquinho, mas vai se divertir também. E eu prometo que o resultado compensa!

Gostou das dicas? Comente aqui embaixo qual sua foto preferida, compartilha e marca a amiga que está gravidinha e, principalmente, compartilhe comigo se você fizer alguma foto inpirada neste post =D

Se você gostou do meu trabalho e ainda tem dúvidas sobre como funcionam os ensaios e/ou quer um orçamento clique aqui para conversamos por WhatsApp, e, para ficar por dentro de todas as novidades sobre Fotos de gestante, Fotos de casamento, Ensaios de casal, Ensaio pré wedding, Trash the dress, Elopement wedding e muitas dicas para as noivas siga meu Instagram e curta a Fan Page no facebook :)

01 Jan 2022

30 Fotos de gestantes em casa para se inspirar

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

dicas para fotos de gestante dicas para fotos em casa ensaio de gestante em casa ensaio gestante fotos de gestante Fotos de gravidez fotos em casa

Quem viu também curtiu

22 de Ago de 2018

Ame-se agora!

12 de Jul de 2018

Guia do ensaio perfeito

09 de Fev de 2018

Os primeiros passos da Annabel